terça-feira, 8 de junho de 2010

Sociedade sem bons exemplos

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." Provérbios 22.6


Definitivamente falta à sociedade bons exemplos. Não falo aqui sobre grandes homens com grandes feitos, mas exemplos de valores para o dia-a-dia. Percebo cada vez mais a escassez dos NÃOS.
Acredito na criação de filhos com amor, diálogo, mas acima de tudo o respeito – respeito mútuo. E entendo que seja no respeito onde encontramos a maior prova de amor. Aliás, não existe amor onde não há respeito.
Ouço muitos exemplos de pais moralistas que possuem uma apostilas de regras básicas para educar seus filhos, mas tenho convicção em dizer que as melhores lições que aprendi com meu pai foram através de seu exemplo. Aprendi o quanto trabalhar enobrece o homem, como é valoroso ter pessoas e não coisas, como perdoar aqueles que nos fazem mal, como a pior verdade é mais valorosa que a melhor mentira, como os mais velhos têm lições únicas para me ensinar... O mais interessante é que meu pai não precisou de palavras para transmitir estes valores. Aprendi tudo isto simplesmente por que tive em casa um exemplo, tive um pai que praticava aquilo que ele queria que eu aprendesse.
O mundo não é nosso. Sabemos que a vida é feita de “nãos”. Faz parte do crescimento individual a rejeição tanto emocional, quanto profissional. Precisamos aprender a respeitar, a dizer e ouvir os “nãos” que recebemos, por mais dificil que seja esta tarefa.

Um comentário:

Milena disse...

É verdade Day, eu também penso assim, e também acho que o pai sempre ensinou muito mesmo sem falar nada. Faltam exemplos na sociedade, graças a Deus a gente tem =)